Paisagens 966
Danilo Chagas Ribeiro

Porto (não muito) Alegre (8/8)

A cobertura do portão central do porto de Porto Alegre foi importada da França

 

Armazéns do porto, "mais atirados que alpargata em cancha de bocha" (dito gauchesco)

"Golpe do Montepio da Família Militar"

A propósito do logotipo do GBOEX (Grêmio Beneficiente dos Oficiais do Exército) na fachada do prédio ao fundo, me ligou de Vitória,ES, no final de outubro de 2009, uma pessoa apresentando-se como "Coronel Humberto Braga Diniz", afirmando ser do "Montepio da Família Militar" e informando que alguns militares entraram com ação coletiva para reaver contribuições pagas ao Plano de Aposentadoria da instituição ligada ao Exército do Brasil e que faliu, não por culpa dos militares, ressaltou.
Depois de apresentar muitos detalhes sobre o assunto, informou que eu tinha a receber R$48.792,40. Para tanto, eu poderia entrar com uma ação individual no Supremo Tribunal Militar, ou pagar o rateio das custas processuais ao MFM, de R$1.936,40. Neste caso, em 24 horas eu receberia a tal indenização. Desconfiei da barbada de alguém me ligar e dar tanta explicação para me pagar algo, mas confesso que a notícia me alegrou. Fiquei de verificar o assunto e ligar de volta. O "coronel" informou seu telefone para contato, e tem uma conta bancária para se efetivar o depósito.
Mais um golpe. Causa revolta, mas não é de estranhar. O que causa estranheza é o fato do Exército, que não é polícia, diga-se de passagem, mas é O EXÉRCITO, não ter conseguido acabar com essa vigarice praticada em nome de instituição a ele associada.

Pelo que se lê neste outro site, o golpe vem sendo aplicado há vários anos.
Veja o aviso sobre o golpe na capa do site do GBOEx. (cópia do aviso armazenada no Popa, em 17 Dez 2009)

 

 

Antiga oficina do DEPRC, atualmente servindo de hangar à marina pública, no extremo oeste do porto

 

Trigêmeas recém nascidas

Comentários recebidos

19 Dez 2009
Carlos Grinas

Essas fotos mostram a triste realidade da "porta de entrada" por água de Porto Alegre!
A pergunta que não quer calar é: Porque ainda não foi movido um dedo para transformar esses escombros em algo nos moldes de Puerto Madero? Essa intenção existe (?) há várias décadas e, sai ano entra ano, nada é feito! Até quando os nossos visitantes e turistas vão ter essa visão de abandono total de um local que poderia ser um dos mais belos da nossa cidade? Aliás, sugiro uma enquete: Até 2050, o que se tornará realidade primeiro, a "revitalização" do cais do porto, a travessia Porto Alegre-Guaíba por barco ou a prisão do Zorro pelo intrépido sargento Garcia?
Eu aposto todas as minhas fichas na última opção!

20 Dez 2009
Paulo Bohrer

Maravilha... parabéns !!

08 Jan 2010
Anderson Fagundes
Ouvi falar que existe um projeto de revitalização do Porto, em uma apresentação da secretaria excepcional da Copa, que é responsável pelas obras da cidade para sediar a copa. Pelo que entendi a proposta é explorar comercialmente a área, construindo até um prédio. Mas não acho que volte a atender o estado como um porto mesmo, como em Rio Grande


Envie seus comentários

Nome
 
e-mail